Sem estrutura, aeroporto recusa parada técnica de aeronave de grande porte

satélite
16.09.2017, 07:58:20
Atualizado: 16.09.2017, 08:06:56

Sem estrutura, aeroporto recusa parada técnica de aeronave de grande porte


Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Um cargueiro da companhia aérea russa Volga Dnepr que solicitou parada técnica em Salvador, ontem à noite, teve o pouso recusado pela Infraero porque o aeroporto perdeu capacidade para receber aeronaves de grande porte. O Antonov AN-124 Ruslan partiu de Dakar, no Senegal, com destino à Argentina, mas queria reabastecer na capital baiana, já que não possui autonomia para completar o trajeto sem escalas. O pedido foi rejeitado por dois motivos. Primeiro, a Infraero disse à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) não haver como concluir o estudo de segurança a tempo de autorizar o voo. O plano contra incêndio do aeroporto também está um nível abaixo do exigido para desembarque de aviões dessa categoria, que antes paravam em Salvador sem dificuldades.    
             
Causa e consequência
Se não forem sanadas, as deficiências do aeroporto colocarão em risco a logística do show de Paul McCartney na capital, baseada em outra aeronave grande. Em outubro, estão previstas operações com Boeing 747 da empresa americana Atlas Air para transportar equipamentos da turnê do cantor entre Salvador e Medellín, na Colômbia.

Em cima do telhado
Embora tenha virado um dos mais íntimos auxiliares do presidente Michel Temer (PMDB), o ministro Antonio Imbassahy (PSDB) balança perigosamente no comando da Secretaria de Governo. A avaliação de integrantes da bancada baiana em Brasília é que Temer não resistirá ao cerco do Centrão, cada vez mais acirrado. “No PP, meu partido, todos os caciques já deixaram claro a Temer que não aceitam de jeito nenhum a permanência de Imbassahy no cargo, assim como os do PR. As insatisfações manifestadas em público estão crescendo bastante e incluem também setores do próprio PSDB e PMDB. Acho que sua saída é questão de dias”, afirma o deputado federal Cacá Leão.

Compasso de espera
As  previsões de Cacá Leão vão ao encontro de análises feitas por aliados de Antonio Imbassahy no Congresso Nacional. Em conversas reservadas com a Satélite, parlamentares baianos da base governista acham que a exoneração do tucano está decidida e só não foi oficializada pelas dúvidas sobre quem assumirá a articulação política do Planalto, função que exige confiança máxima do presidente, bom trânsito nas bancadas e capacidade de antecipar conflitos.

Não está nos meus planos sair do PPS, a não ser que o fim das coligações seja aprovado -
Deputado federal Arthur Maia nega conversas para voltar ao  PMDB, mas não descarta a opção.

Novos dedos
Fontes com acesso às investigações contra o ex-ministro Geddel Vieira Lima garantem que, entre as digitais encontradas na dinheirama escondida em um apartamento da Graça, estaria a do seu irmão, o deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB). Diante da descoberta, os procuradores da Lava Jato deixaram para o relator da operação no Supremo, ministro Edson Fachin, o veredito sobre a alçada do caso, já que envolve gente com e sem foro privilegiado.

Boca de Urna
O presidente da Desenbahia, Otto Alencar Filho, lidera a bolsa de apostas sobre prováveis campeões de voto na disputa pela Câmara dos Deputados na Bahia, formada por cardeais do governo e da oposição. Abaixo do filho do senador Otto Alencar (PSD), vem Tia Eron (PRB).

Pílula
Périplo - Fundador e ex-presidente nacional do Partido Novo, o engenheiro João Amoedo desembarca em Salvador no próximo dia 28 para divulgar as ideias da sigla e conversar com os filiados na Bahia. O encontro será realizado na churrascaria Sal e Brasa, em Patamares.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas