'Só sairemos das praias depois que estiverem 100% limpas', garante prefeito ACM Neto

salvador
18.10.2019, 16:05:00
Atualizado: 18.10.2019, 16:10:00
(Marina Hortélio/CORREIO)

'Só sairemos das praias depois que estiverem 100% limpas', garante prefeito ACM Neto

Neto também inspecionou a limpeza da praia de Pedra do Sal

A situação das manchas de óleo mobiliza município, estado e união. Para saber das ações de combate ao óleo em nível federal, o prefeito ACM Neto visitou o Grupo de Acompanhamento e Avaliação (GAA), instalado no 2° Distrito Naval, nesta sexta-feira (18).

Na ocasião, o prefeito deu um boletim das ações de limpeza. Desde de a primeira ocorrência dos resíduos, na última quinta-feira (10), até esta sexta, foram recolhidas 81 toneladas do poluente. Com a retirada de mais óleo, a quantidade pode aumentar no decorrer do dia.

Os trabalhos do grupo foram apresentados pelo Contra-Almirante Rodolfo Sabóia, que coordena o GAA. Aos membros do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), ANP e Marinha, o prefeito ressaltou as ações de pronta limpeza das praias que são desenvolvidas pela gestão municipal.

“Determinei que nós não fizéssemos conta de quantas pessoas teriam que ser mobilizadas. Desde o começo das ações, passamos de 80 para 400 trabalhadores, se for preciso vamos ampliar o número de colaboradores”, pontuou Neto.

Segundo ele, a estratégia de ação é dividida em duas etapas. Na primeira, é feita a limpeza dos resíduos maiores para prevenir que eles voltem ao mar. No segundo momento, os agentes vão realizar uma limpeza mais meticulosa, inclusive nas praias em que não foram identificadas grandes manchas. Neto ressalta que a mobilização não vai parar até o fim do incidente. “A prefeitura só sai das praias depois que elas estiverem 100% limpas”, afirmou o gestor no evento de assinatura da ordem de serviço para o início das obras de restauração do Casarão dos Azulejos Azuis.

Os recursos da prefeitura também foram oferecidos para o GAA, informou Neto. “Agora a pouco falei ao Almirante Silva Lima que qualquer demanda adicional eu estarei de prontidão. Temos respostas para situações emergenciais”, pontuou o gestor municipal.

Como apontam as autoridades federais, o desconhecimento da origem do resíduo dificulta as ações de combate. “Infelizmente quando não se sabe quem é responsável pelo dano fica mais difícil conter os prejuízos e responsabilizar quem tem que ser responsabilizado”, disse Neto.

O Contra-Almirante Sabóia afirmou que o fato da marcha de locomover abaixo da superfície da água também faz com que não seja possível acompanhar a sua movimentação. “O óleo se desloca abaixo da superfície do mar. Não é isso que treinamos, então, se perde a eficácia do monitoramento. Tudo que parece simples em terra é mais complicado no mar”, pontuou.

Foto: Arisson Marinho/CORREIO

Visita à Praia da Pedra do Sal
Após o encontro no 2° Distrito Naval, o prefeito seguiu para Itapuã, onde fica a praia da Pedra do Sal. A localidade é uma das que amanheceu com a situação mais crítica na capital.

Lá, Neto inspecionou os serviços dos agentes da Limpurb. “Com a visita, a gente percebe a complexidade do trabalho de remoção de óleo das pedras que tem que ser feita de forma totalmente manual”, afirmou. É a primeira vez que o prefeito visita uma praia oleada na capital.

O gestor municipal pediu para a equipe técnica da prefeitura estudar a possibilidade de usar um jato d’água para agilizar a limpeza. Ele ressalta, entretanto, a preocupação para que o trabalho com o equipamento não complique ainda mais a situação. “Estamos atentos para que isso não traga nenhuma consequência ambiental. A ideia é que a gente possa intensificar as nossas limpezas da parte das pedras”, disse.

O presidente da Empresa de Limpeza Urbana do Salvador (Limpurb), Marcus Vinicius Passos, afirma que todas novas ações introduzidas vão ser testadas antes da aplicação. “O ibama passou para a gente um protocolo e o que fazemos é o correto. Vamos testar novas possibilidades”, disse. As opções são o jato d’água quente e o uso de produtos biodegradáveis capazes de retirar a mancha.

Em Pedra do Sal, equipes da Limpurb, Marinha e voluntários trabalhavam na limpeza das pedras e da areia no início da tarde desta sexta.

Em Salvador, as praias atingidas foram as da Pituba, Jardim dos Namorados, Jardim de Alah, Boca do Rio, Stella Maris, Praia do Flamengo, Ipitanga, Piatã, Itapuã, Placarford, Amaralina, Ondina, Rio Vermelho e Barra.

*Com orientação da chefe de reportagem Perla Ribeiro


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/linn-da-quebrada-estrela-bixa-travesty/
Documentário debate sobre o corpo, gênero e identidades
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/policia-civil-analisa-imagens-de-acao-da-prf-que-deixou-adolescente-morto/
Pai foi ouvido no DHPP; familiares homenagearam garoto de 17 anos nesta quinta-feira (21)
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/operario-fica-pendurado-em-predio-durante-pintura-e-e-socorrido-veja-video/
Ele foi retirado de edifício em Fortaleza e conduzido a unidade médica pelo Samu
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/apos-passar-mal-e-ser-socorrido-no-senado-kajuru-segue-internado-na-uti/
Colega baiano Otto Alencar ajudou a socorrê-lo em plenário: ‘não vai ficar sequela’
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/matou-como-se-ela-fosse-bicho-diz-testemunha-de-crime-contra-moradora-de-rua/
Defesa de comerciante alega que ele reagiu a uma tentativa de assalto
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/bombeiros-controlam-incendio-em-academia-na-graca/
Fogo começou por volta das 22h40 e foi contido rapidamente
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/vai-para-um-programa-que-te-mereca-diz-fontenelle-a-lacombe-ao-vivo/
Jornalista ficou sem graça com o comentário e afirmou estar feliz no Aqui na Band
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/audiencia-do-caso-davi-fiuza-e-marcada-para-abril-de-2020/