Sobe para 16 o número de casos da monkeypox na Bahia

bahia
05.08.2022, 20:19:00
(Shutterstock)

Sobe para 16 o número de casos da monkeypox na Bahia

Outros 90 casos suspeitos estão em investigação no estado

Subiu para 16 o número de casos confirmados na Bahia do vírus Monkeypox, conhecido como varíola dos macacos. Os três novos casos registrados pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), nesta sexta-feira (5), se referem a dois pacientes residentes em Salvador e o outro de um morador de Cairu, no baixo sul do estado.

Com as novas confirmações, Salvador totaliza 12 casos, Santo Antônio de Jesus reúne dois pacientes infectados, Cairu e Ilhéus com um caso cada. A Bahia também tem notificados 90 suspeitos, que estão em análise.

Veja as cidades que registraram casos suspeitos:

Monkeypox é uma zoonose viral, do gênero Orthopoxvirus, da família Poxviridae, que se assemelha à varíola humana, erradicada em 1980. A doença causa febre, dor de cabeça, dores musculares, dores nas costas, adenomegalia, calafrios e exaustão.

A infecção é autolimitada com sintomas que duram de 2 a 4 semanas, podendo ser dividida em dois períodos: invasão, que dura entre 0 e 5 dias, com febre, cefaleia, mialgia, dor das costas e astenia intensa. A erupção cutânea começa entre 1 e 3 dias após o aparecimento da febre e tem características clínicas semelhantes com varicela ou sífilis, com diferença na evolução uniforme das lesões.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas