Surto de policial na Barra

olhares
29.03.2021, 23:12:52

Surto de policial na Barra

O soldado da polícia militar Wesley Soares foi alvejado e morto por policiais do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), após “surto psicótico" em Salvador​​​​​​​. Colegas e comerciantes fizeram uma manifestação hoje, no Farol da Barra.
Wesley desceu do veículo e começou a dar tiros para cima por volta das 14h20 do domingo (28).
Wesley desceu do veículo e começou a dar tiros para cima por volta das 14h20 do domingo (28). (Arisson Marinho/CORREIO)
Policiais tentaram negociar com Wesley.
Policiais tentaram negociar com Wesley. (Arisson Marinho/CORREIO)
O local foi fechado por viaturas.
O local foi fechado por viaturas. (Arisson Marinho/CORREIO)
Segundo moradores relataram ao CORREIO, ele efetuou, pelo menos, 14 disparos para cima.
Segundo moradores relataram ao CORREIO, ele efetuou, pelo menos, 14 disparos para cima. (Arisson Marinho/CORREIO)
O soldado jogou bicicletas e itens de ambulantes no mar da Barra.
O soldado jogou bicicletas e itens de ambulantes no mar da Barra. (Arisson Marinho/CORREIO)
Wesley foi morto por policiais do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope).
Wesley foi morto por policiais do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope). (Arisson Marinho/CORREIO)
Grupo fez protesto no Farol da Barra após morte de PM.
Grupo fez protesto no Farol da Barra após morte de PM. (Paula Fróes/CORREIO)
Alguns militares falaram em greve da categoria.
Alguns militares falaram em greve da categoria. (Paula Fróes/CORREIO)
Durante o ato os manifestantes gritaram palavras de ordem, estenderam bandeiras do Brasil e fardas da PM.
Durante o ato os manifestantes gritaram palavras de ordem, estenderam bandeiras do Brasil e fardas da PM. (Paula Fróes/CORREIO)

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas