Suspeito de feminicídio contra a ex-esposa é preso em Coração de Maria

bahia
17.05.2021, 20:19:00
Atualizado: 17.05.2021, 22:03:23
Comandante da 20ª CIPM, o major Roberto Castro participou da ação que prendeu o suspeito (Foto: Divulgação/SSP)

Suspeito de feminicídio contra a ex-esposa é preso em Coração de Maria

Crime aconteceu em novembro de 2020; homem não aceitava fim do relacionamento

Um suspeito de feminicídio foi preso na manhã desta segunda-feira (17), na cidade de Coração de Maria, município a cerca de 110 km distante de Salvador. O crime acontceu em novembro de 2020. Além de matar a ex-companheira, o homem teria agredido com golpes de faca um vizinho que tentou defendê-la da ação criminosa.

O suspeito foi encontrado por policiais do 3º Pelotão da 20ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/ Santo Amaro) em um imóvel situado na localidade de Mata da Ladeira, a poucos metros do local onde o crime foi cometido.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o homem tem um mandado de prisão expedido contra si por feminicídio e tentativa de homicídio. 

“O acusado não aceitava o fim do relacionamento e atingiu a ex-companheira com diversas facadas. Um vizinho que tentou ajudá-la também foi esfaqueado pelo agressor”, detalhou o comandante da 20ª CIPM, major Roberto Castro.

Ainda segundo a SSP-BA, o suspeito não aceitava o final do relacionamento e, por isso, perseguiu a ex-companheira e, ao encontrá-la, a atingiu com várias facadas até matar a vítima. Ele foi encaminhado à Delegacia Territorial de Coração de Maria.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas