Taxa de ocupação de leitos chega a 78% em Salvador: 'Menor em 40 dias'

coronavírus
14.07.2020, 11:22:00
Atualizado: 14.07.2020, 14:13:17
(Gil Santos/CORREIO)

Taxa de ocupação de leitos chega a 78% em Salvador: 'Menor em 40 dias'

ACM Neto crê que chegue a 75%, que permitirá reabertura do comércio, até semana que vem

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O prefeito ACM Neto afirmou nesta terça-feira (14) que a taxa de ocupação dos leitos de UTI exclusivos para covid-19 chegou a 78% em Salvador. Esse índice foi registrado nesta segunda-feira (13) e foi o menor em 40 dias na série histórica acompanhada prefeitura. Nas últimas semanas o percentual estava sendo mantido em 80%. Ele comentou sobre o cenário durante evento em que apresentou 50 respiradores recebidos por Salvador do Ministério da Saúde.

"Com as entregas que a prefeitura fará ao longo dessa semana, certamente chegaremos aos 75% e nele ficaremos já na próxima semana, o que nos permitirá dar início à retomada das atividades econômicas", acredita Neto. Além dos 50 respiradores que chegaram hoje, outros 50 devem chegar nos próximos dias, em regime de comodato, cedidos por um parceiro privado da prefeitura.

O planejamento é para abrir mais dez leitos no Hospital Sagrada Família, em Monte Serrat, 20 no Hospital de Campanha do Wet'n Wild, na Avenida Paralela, 25 na Arena Fonte Nova, em parceria com o governo, e mais 24 no Hospital Salvador, na Federação, dez apenas essa semana, depois que a prefeitura conseguiu derrubar uma liminar da Universidade Federal da Bahia (Ufba) que impedia a instalação dos leitos na unidade.

Para a primeira fase da reabertura do comércio, que inclui shoppings, templos e igrejas, drive-ins e comércio de rua de mais de 200m², a prefeitura e o governo estipularam que a taxa de ocupação de leitos UTI para covid-19 deve permanecer cinco dias igual ou menor a 75%.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas