'Temos que parar de tomar gols', diz Ernando após nova derrota

e.c. bahia
10.09.2020, 21:26:00
Atualizado: 10.09.2020, 23:03:56
Ernando tenta tirar a bola de Diego Souza durante a derrota do Bahia para o Grêmio (Arisson Marinho/CORREIO)

'Temos que parar de tomar gols', diz Ernando após nova derrota

Tricolor ostenta marca negativa de pior defesa do Brasileirão

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A situação do Bahia no Campeonato Brasileiro não é nada animadora. Nesta quinta-feira (10), o tricolor voltou a ser derrotado, desta vez para o Grêmio, por 2x0, e chegou ao sexto jogo sem vencer no Campeonato Brasileiro.

Ao fim do confronto em Pituaçu, o zagueiro Ernando lamentou o resultado. Na visão do defensor, o Bahia começou bem a partida, mas cometeu muitas falhas no ataque e na defesa e voltou a tropeçar.

“Dentro de casa a gente tem que se impor mais. Começamos bem no primeiro tempo, com oportunidades, o Gilberto teve uma, o Juninho outra. Eles quase não estavam chegando na nossa área e quando chegaram saiu o gol”, explicou Ernando.

O zagueiro não eximiu a defesa da responsabilidade. Com os tentos sofridos contra o Grêmio, o Esquadrão agora tem, ao lado do Red Bull Bragantino, a pior defesa do Campeonato Brasileiro, com 14 gols sofridos em oito jogos.  

“Temos que melhorar, o campeonato não tem jogo fácil, quando aparece a oportunidade não pode desperdiçar. Temos a responsabilidade ali atrás também. Temos que parar de tomar gols para o resultado vir naturalmente”, continuou o zagueiro.

Com nove pontos, o Bahia ocupa agora a 15ª colocação, apenas um ponto acima da zona de rebaixamento. No domingo (13), a equipe recebe o Atlético-GO, às 18h, no estádio de Pituaçu. A partida marcará a estreia de Mano Menezes no comando do time. Ele, por sinal, esteve nas arquibancadas do estádio e assistiu ao jogo diante dos gremistas. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas