Terremoto de magnitude 7,0 na Indonésia deixa ao menos 39 mortos

mundo
05.08.2018, 22:00:00
(Foto: AFP)

Terremoto de magnitude 7,0 na Indonésia deixa ao menos 39 mortos

Um vídeo mostrou pessoas gritando de pânico em casas em um bairro de Bali e veículos balançando

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Um terremoto de magnitude 7,0 atingiu a ilha turística indonésia de Lombok neste domingo, uma semana após outro tremor ter atingido a mesma região. Até o momento, 39 mortes foram confirmadas.

Os tremores também foram sentidos na cidade vizinha Bali, onde chegaram a danificar edifícios. O terremoto atingiu no início da noite de domingo a uma profundidade de 10,5 quilômetros na parte norte de Lombok. Um alerta de tsunami foi emitido depois que ondas de 15 centímetros de altura foram registradas em três aldeias, disse o chefe da Agência de Meteorologia, Climatologia e Geofísica da Indonésia, Dwikorita Karnawati.

Um vídeo mostrou pessoas gritando de pânico em casas em um bairro de Bali e veículos balançando. Em Lombok, soldados e outros socorristas transportaram feridos em macas e tapetes para um centro de ajuda.

Muhammad Rum, chefe da agência de gestão de desastres na província de West Nusa Tenggara, que inclui Lombok, disse à TV indonésia que o número de mortos subiu para 39. Mais cedo, as autoridades disseram que pelo menos três pessoas morreram.

O porta-voz da Agência Nacional de Mitigação de Desastres, Sutopo Purwo Nugroho, disse que o terremoto foi sentido fortemente em Lombok e Bali e danificou as casas nas duas ilhas.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas