Territórios de África em Salvador: Nigéria baiana

Somos
18.11.2013, 17:58:00
Atualizado: 18.11.2013, 18:11:24

Territórios de África em Salvador: Nigéria baiana

Série mostra casas africanas da cidade. Segunda parte: Nigéria

Carla Trabazo

Em meio às casas coloridas do Pelourinho, perto da Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, um prédio que funcionava como senzala durante o período do Brasil Colônia ganha cores verdes e brancas para se transformar na Casa da Nigéria. Depois de Benin e Angola, a Nigéria fincou mais uma casa africana em Salvador, desde 2008.


Diretor nigeriano Muajeed  Oyewo

De acordo com o diretor da casa, Muajeed Oybamiji Oyewo, o interesse em estreitar a conexão com o país africano veio de algumas baianas – isso mesmo, aquelas que vendem acarajé paramentadas com turbantes -, que falaram com o Governo da Bahia para que entrasse em contato com a Nigéria. “Aqui é um local ancestral, uma promoção da cultura nigeriana. E isso foi possível com a mobilização das baianas, que queriam que o Candomblé pudesse estar mais próximo às suas origens”, conta o diretor nigeriano que preferiu conversar em inglês por ainda estar em fase de aprendizado do português.

A Nigéria é o país mais populoso do continente africano, com cerca de 140 milhões de habitantes. Fazendo fronteira com Benin, Níger, Chade e Camarões, o país é a segunda maior economia da África e tem como idioma oficial o inglês.

Com o apoio financeiro da Embaixada da Nigéria, em Brasília, o local conta com um acervo de quadros, esculturas e panos produzidos por artistas nigerianos. A casa oferece cursos gratuitos de iorubá e inglês, aulas de dança e música afro e, ainda, dispõe de livros e materiais informativos, um museu e palestras.


Acervo de quadros, esculturas e panos produzidos por artistas nigerianos

Desde um pouco antes dos anos 1800, uma grande quantidade de escravos nigerianos foi exportada para Salvador, contribuindo para mesclar, ainda mais, a rica diversidade cultural da cidade. “Me sinto em casa aqui. A comida é parecida: acarajé, inhame, legumes e abará, a religião do Candomblé é muito similar às do meu país e o clima me faz pensar que estou em casa”, revela o diretor, que chegou ao Brasil em 2012.

A Casa da Nigéria recebe diversos estudantes e turistas curiosos. Há, ainda, a presença de uma pequena colônia de nigerianos, cerca de 100 pessoas, que residem na capital baiana e fazem da casa o seu ponto de encontro. “Aqui tem muitos nigerianos que já têm seu próprio negócio ou trabalham para o governo. Tem vários intercambistas também e muitos vêm aqui para lembrar um pouco mais de sua terra”, explica Oyewo.

Para o dia da Consciência Negra, o diretor conta que a burocracia entre o governo da Nigéria, a Embaixada em Brasília e a Casa é complicada para que sejam realizadas celebrações para o dia, mas que ele busca participar de todos os eventos em que a Casa da Nigéria é convidada. “Quando este dia chega você se lembra de quem você é. Mas isso não deveria ser só sobre celebrações. O Governo deveria encorajar para que fossem feitas mais do que celebrações”, lamenta o nigeriano. Serviço: Endereço: Rua Alfredo de Brito, 26 - Pelourinho, 40025-040 Telefone:(71) 3326-2021 Horário: Segunda a sexta – 9 às 18h.

O especial Somos é produzido pelo time de focas da quinta turma do Correio de Futuro. Acesse o blog.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/harmonia-recebe-ludmilla-e-ferrugem-em-gravacao-de-dvd-no-wetn-wild/
Gravação acontece na estreia d'A Melhor Segunda Feira do Mundo, no dia 6 de janeiro
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/rapper-juice-wrld-morre-aos-21-anos-nos-estados-unidos/
Ele sofreu convulsão no aeroporto; artistas lamentam
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/fotografa-faz-ensaios-para-negros-a-preco-acessivel-no-reconcavo/
Ellen Katarine também é trancista, dreadmaker e estudante de História na UFRB
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/thiaguinho-chora-ao-cantar-musica-que-escreveu-para-fernanda-souza-veja/
Cantor começou a se emocionar durante a canção 'Deixa Tudo Como Está'
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/dancarino-morre-e-outras-duas-pessoas-ficam-feridas-em-ataque-de-faccao/
Três homens e uma mulher em um carro atiraram contra moradores em São João do Cabrito
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/jovem-se-finge-de-gato-e-mia-embaixo-da-cama-para-nao-ser-achado-por-policiais/
Ele é suspeito de ter participado de um latrocínio em Fortaleza
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/do-cordel-a-escultura-leitores-fazem-homenagens-para-correio/