Tráfego de veículos é liberado em novo viaduto da avenida ACM

salvador
08.04.2020, 14:36:00
Atualizado: 08.04.2020, 14:39:03
(Valter Pontes/Secom)

Tráfego de veículos é liberado em novo viaduto da avenida ACM

O novo elevado só poderá ser utilizado por quem estiver no sentido Parque da Cidade

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O tráfego de veículos já está liberado no no novo viaduto inaugurado na avenida ACM. A estrutura, que faz parte das obras do BRT, que tem início na entrada do Concessionária Baviera e término próximo ao SAM´s Club.

O novo elevado só poderá ser utilizado por quem estiver no sentido Parque da Cidade. Com 560 metros de comprimento, sendo 340 de estrutura de concreto, ele é sustentado por 72 vigas pré-moldadas, tem 3.500 m3 de concreto e 330 toneladas de aço. A construção teve R$ 16,7 milhões em investimentos.   

Com a entrega, quem passa nesta região também deve sentir melhora no trânsito, afinal, nesses quase 600 metros da ACM, não haverá interferências da obra, como desvios de trânsito e movimentação de equipamentos pesados, a exemplo de escavadeiras e caminhões. 

O elevado para o fluxo contrário (sentido Iguatemi) está em construção e será finalizado ainda este ano, assim como todo o primeiro trecho do BRT, entre o Parque da Cidade e a região do Shopping da Bahia.

No final de março outro elevado da obra do BRT foi entregue. A estrutura, que começa próximo da entrada do bairro da Polêmica e finaliza perto da antiga Comercial Ramos (sentido Parque da Cidade), possui quase meio quilômetro de comprimento e três faixas de tráfego. Destas faixas, duas são em asfalto e uma em concreto, na qual futuramente será exclusiva para ônibus BRT.

Sustentado por 60 vigas pré-moldadas e com 460 metros de extensão, o elevado tem sido a única opção para quem passa por esse trecho da via. De acordo com a prefeitura, na prática, os motoristas não enfrentam interferências provocadas pela obra, como desvios, movimentação de equipamentos como escavadeiras e caminhões. Próximo a este elevado há outro, no fluxo contrário, que está previsto para ser concluído em novembro deste ano.

A primeira etapa da obra do BRT conta com quatro elevados que, além de via expressa para automóveis, abrigarão estações do BRT e ciclovias. O projeto do novo modal ainda contempla três viadutos. Dois deles já foram entregues no chamado complexo João Gilberto, em dezembro passado, e ficam nas imediações do Parque da Cidade, no Itaigara. Outro viaduto está sendo construído ligando a Praça Newton Rique à estação do metrô da Rodoviária.

A conclusão da estrutura é um marco para o novo modal de transporte, pois, possibilitará o início das obras de uma das duas estações do trecho do BRT.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas