Três youtubers de canal de viagem morrem após queda de cachoeira

mundo
06.07.2018, 14:01:16
Atualizado: 06.07.2018, 14:16:27
Ryker Gamble, Alexey Lyakh, and Megan Scraper (Foto: GoFund Me)

Três youtubers de canal de viagem morrem após queda de cachoeira

Os três fazem parte do High On Life, grupo que tem 1,1 milhão de seguidores no Instagram

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Três jovens integrantes de um famoso canal de viagens do YouTube morreram depois de cair de uma altura de 30 metros em uma cachoeira no Canadá.

Ryker Gamble, Alexey Lyakh e Megan Scraper exploravam a Cachoeira Shannon, que fica na província de Colúmbia Britânica, quando ocorreu o acidente na última terça-feira (3).

Os três faziam parte do High On Life, grupo que tem 1,1 milhão de seguidores no Instagram, 500 mil no YouTube, e é especializado em explorar destinos exóticos.

Cachoeira Shannon, no Canadá (Foto: Jerome Charaoui/Wikimedia Commons )

De acordo com o Vancouver Sun, os três escalaram a cachoeira para alcançar uma piscina natural. Megan, que é namorada de Alexey, teria escorregado e os outros dois rapazes tentaram salvá-la. Eles acabaram escorregando e despencaram num lago.

As buscas aos três jovens começou na tarde da quarta (4) após amigos alertarem aos bombeiros do desaparecimento. O parque foi fechado para o resgate. Os corpos foram encontrados em uma área de difícil acesso.

Nas redes sociais, amigos e integrantes do grupo lamentaram as mortes dos jovens.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas