Trump rejeita proposta republicana de reabrir governo por algumas semanas

mundo
15.01.2019, 09:59:24

Trump rejeita proposta republicana de reabrir governo por algumas semanas

Ele exige US$ 5,7 bilhões para a construção de um muro na fronteira com o México

Com a paralisação parcial da máquina pública federal americana entrando na quarta semana e sem perspectiva de solução, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, rejeitou uma solução legislativa de curto prazo e continuou a buscar o combate com os democratas, declarando que "nunca recuaria". O republicano rejeitou a proposta de reabrir o governo por algumas semanas enquanto as negociações com os democratas continuariam. Ele exige US$ 5,7 bilhões para a construção de um muro na fronteira com o México.

Uma alternativa que poderia ser encontrada por Trump é a de declarar emergência nacional para contornar o Congresso e realizar a obra. O presidente, contudo, se afastou dessa hipótese. "Não estou querendo declarar emergência nacional. Isso é tão simples que não deveríamos ter de fazer isso", disse Trump na noite de segunda-feira.

A rejeição do presidente à opção de curto prazo proposta pelo senador republicano Lindsey Graham (Carolina do Sul) fez com que as opções de fim da paralisação voltassem à estaca zero. Os congressistas republicanos estavam acenando para Trump com um sinal de que ele poderia seguir em frente com as demandas de imigração, enquanto os democratas continuam a se recusar em financiar o muro.

Para reabrir o governo, a Casa Branca estuda conversar diretamente com congressistas democratas em vez de lidar com a presidente da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi (Califórnia), e com o líder da oposição no Senado, Chuck Schumer (Nova York), para tentar diminuir a rejeição dos democratas quanto à construção da barreira. Um funcionário da Casa Branca disse que os planos estão sendo feitos para conversar com alguns deputados mais novos no cargo, especialmente os que não apoiaram a condução de Pelosi à presidência da Câmara. Fonte: Associated Press.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas