Uefa testará novo sistema de disputa de pênalti que 'reduz vantagem' do primeiro batedor

Futebol
04.05.2017, 09:36:00
Atualizado: 04.05.2017, 09:36:47

Uefa testará novo sistema de disputa de pênalti que 'reduz vantagem' do primeiro batedor

Mecanismo proposto pela International Football Association Board (IFAB) e será colocado em prática nas Euros sub-17 e feminina

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A Federação Europeia de Futebol (Uefa) testará uma fórmula diferente nas disputas por pênaltis. O novo sistema, chamado de 'ABBA', promete reduzir a 'vantagem' da equipe que começa cobrando. O mecanismo começará a ser usado a partir da próxima semana, na fase final das Eurocopas sub-17, que é disputada na Croácia, e feminina, realizada na República Tcheca. 

O sistema 'ABBA' muda a ordem dos batedores e faz com que um mesmo time cobre dois pênaltis consecutivos, ao invés das tradicionais cobranças alternadas. O modelo foi proposto pela International Football Association Board (IFAB). De acordo com a Uefa, a IFAB acredita que o atual formato dá uma 'vantagem injusta' ao time que começa cobrando.

Novo sistema promete 'reduzir a vantagem' nas disputas por pênaltis (Foto: AFP)

"A hipótese é de que o segundo cobrador do par fica sob grande pressão psicológica, porque se o primeiro cobrador tiver sucesso, um erro no segundo pênalti poderia significar uma derrota imediata para o seu time, especialmente do quatro par para frente", diz o comunicado.

Como funciona o novo sistema:

1ª cobrança: Time A - 2ª cobrança: Time B
3ª cobrança: Time B - 4ª cobrança: Time A
5ª cobrança: Time A - 6ª cobrança: Time B
7ª cobrança: Time B - 8ª cobrança: Time A
9ª cobrança: Time A - 10ª cobrança: Time B

Em caso de igualdade:
11ª cobrança: Time B - 12ª cobrança: Time A

Se a igualdade persistir:
13ª cobrança: Time A - 14ª cobrança: Time B

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas