Unidade de Saúde da Família é inaugurada no Subúrbio Ferroviário

salvador
22.04.2020, 17:03:00
Atualizado: 22.04.2020, 17:03:54
(Valter Pontes/Divulgação)

Unidade de Saúde da Família é inaugurada no Subúrbio Ferroviário

Essa é a oitava USF entregue pelo município desde o dia 13 de março

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Salvador teve a inauguração de mais uma Unidade de Saúde da Família (USF). A nova unidade, a USF Teotônio Vilela II, localizada no bairro de Fazenda Coutos III, na região do Subúrbio Ferroviário, foi entregue na manhã desta quarta-feira (22). A cerimônia teve a presença do prefeito ACM Neto, do vice Bruno Reis e do secretário de saúde, Léo Prattes.  

Essa é a oitava USF inaugurada desde o dia 13 de março, quando a gestão municipal decidiu acelerar as obras de conclusão dos espaços. “Nós aceleramos essas entregas, pois as USFs são a porta de entrada do sistema de saúde. Aqui não tem o objetivo de atender pacientes com o coronavírus, mas, se alguém chegar com o sintoma, será devidamente encaminhado”, disse Neto.  

Léo Prattes, Bruno Reis e ACM Neto estiveram na inauguração (Foto: Valter Pontes/Divulgação)

No local, funcionava uma Unidade Básica de Saúde, que foi desativada. A prefeitura fez a reconstrução e equipou o espaço com um investimento de R$ 1,4 milhão. A USF tem capacidade para atender até 16 mil pessoas da região e possui quatro equipes de Saúde da Família e outras quatro de Saúde Bucal.  

“Aqui vamos fazer um trabalho de clínico geral. Vamos acompanhar a família como um todo, desde a pessoa que possui alguma doença crônica àquela que não têm absolutamente nada, mas precisa de um atendimento anual, de prevenção”, explicou a médica Renata Barbosa, 29 anos, que vai trabalhar no local.   

Alguns dos serviços que serão oferecidos no espaço inclui o desenvolvimento de programas de saúde como hipertensão, diabetes, pré-natal, planejamento familiar, tuberculose e hanseníase.  

“Com a estrutura dessa unidade e equipe completa, a gente espera que o nosso trabalho seja proveitoso. Vamos atender as demandas da comunidade do Subúrbio que estava sem o espaço há um tempinho e estamos reinaugurando hoje”, disse Milana Almeida, outra médica que atuará na USF.  

As médicas Renata Barbosa (esquerda) e Milana Almeida (direita) são funcionárias da USF inaugurada (Foto: Daniel Aloisio/CORREIO)

No espaço, também podem ser feitos os exames exigidos pelo programa Bolsa Família. A população tem, ainda, acesso a vacinação, coleta de material para exames laboratoriais, curativo, nebulização, teste do pezinho, farmácia para dispensação de medicamentos, marcação de consultas e exames e visita domiciliar. 

Para o ambulante Valnei Nery, 38 anos, que mora ao lado da USF, a inauguração do espaço é um alívio, pois ele evitava utilizar a outra Unidade de Saúde do bairro, a Teotônio Vilela I, devido ao receio das brigas entre facções rivais. “Quando eu tinha algum problema, precisava me deslocar para um local mais distante ainda”, disse. 

Medidas 
Na inauguração, ACM Neto afirmou que, em 2013, a região do Subúrbio Ferroviário possuía 33% de cobertura da atenção básica de saúde. Com a USF Teotônio Vilela II, esse número já está em 80,74%.  

“O foco da nossa atuação foi o Subúrbio pela concentração de pobreza, dificuldade de acesso aos serviços públicos, distância do centro da cidade e carência histórica ds serviços de saúde na região”, afirmou Neto. 

O prefeito aproveitou a inauguração para anunciar a autorização para que, pelo menos em uma unidade de atenção básica de cada um dos 12 distritos sanitários da capital baiana tenha o horário de funcionamento seja estendido em uma hora, estando aberta das 7h às 17h. A medida visa oferecer atendimento exclusivo a idosos, grupo considerado de alto risco para o coronavírus, na faixa das 7h às 8h.  

* Com orientação da subeditora Clarissa Pacheco

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas