Vacina contra coronavírus pode ficar pronta em setembro

coronavírus
19.04.2020, 19:30:13

Vacina contra coronavírus pode ficar pronta em setembro

Testes em humanos devem começar em duas semanas

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Uma professora da Universidade de Oxford, no Reino Unido, estima que uma vacina contra o novo coronavírus esteja pronta em setembro deste ano. Os testes em humanos devem começar dentro de duas semanas.

Sarah Gilbert, que trabalha junto a uma equipe que desenvolve uma vacina contra o novo vírus, diz estar 80% confiante de que vacina de seu time estará pronta neste ano, afirmou a professora ao jornal britânico Times of London.

“Acredito que há uma grande chance de que o nosso trabalho irá funcionar, com base em outras coisas que já fizemos com esse tipo de vacina”, disse.

O governo britânico já sinalizou positivamente para a produção em massa de uma vacina, uma vez que ela seja aprovada e atestada como segura.

A notícia chega em uma semana em que o número de mortos do coronavírus atingiu 100 mil. Por outro lado, com quase 2 milhões de infectados, 400 mil pessoas já se curaram da covid-19.

A estimativa da professora de Oxford é mais otimista do que a média dos especialistas, que estimam entre um ano e um ano e meio até a criação de uma vacina. Melinda Gates, da Fundação Bill & Melinda Gates, por exemplo, estima 18 meses para o desenvolvimento da vacina contra a covid-19.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas