Vacina da Pfizer tem 95% de eficácia em Israel, aponta estudo de larga escala

coronavírus
17.02.2021, 17:21:01
Atualizado: 17.02.2021, 17:24:20
(AFP)

Vacina da Pfizer tem 95% de eficácia em Israel, aponta estudo de larga escala

Pesquisa de grande porte foi feita com mais de 600 mil pessoas que já tomaram as duas doses do imunizante

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A Israeli HMO Maccabi, provedora de planos de saúde que cobre mais de 25% da população de Israel, afirmou nesta quarta-feira (17) que a vacina da Pfizer contra a covid-19 teve um índice de 95% de eficácia em estudos feitos com 602 mil pessoas, reforçando o sucesso do imunizante.

De todas as pessoas que participaram do estudo, apenas 608 testaram positivo para o coronavírus mais de uma semana depois de receberem as duas doses da vacina. O grupo de controle tinha 528 mil pessoas que não receberam a vacina; destas, 20.621 testaram positivo para a doença.

Entre os vacinados que foram infectados pelo vírus, a grande maioria teve apenas sintomas leves, como dor de cabeça e tosse. Dos 602 mil imunizados, apenas 21 tiveram de ser hospitalizados por conta da doença, com apenas sete apresentando sintomas graves.

Maior provedora de serviços de saúde do país, a Clalit também informou hoje que houve uma queda de 94% em relação aos casos sintomáticos de covid-19 em pessoas que receberam as duas doses da vacina.

Hoje, cerca de 44% dos 9,1 milhões de israelenses já receberam pelo menos uma das doses da vacina da Pfizer, fazendo com que o país do Oriente Médio seja o maior "palco" de testes da vacina.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas