Vagner Mancini aprova postura do Vitória no Mineirão

e.c. vitória
30.07.2017, 22:12:00
Atualizado: 30.07.2017, 22:13:37

Vagner Mancini aprova postura do Vitória no Mineirão

Para o treinador, apesar do pouco tempo de trabalho, o time se comportou bem diante do Cruzeiro

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A situação na tabela é a mesma e continua pra lá de complicada. Agora são 13 pontos ganhos de 51 disputados e a permanência na vice-lanterna da competição. Porém, na noite deste domingo (31), na estreia de Mancini à frente da equipe rubro-negra, contra o Cruzeiro, no Mineirão, o ponto conquistado fora de casa após o empate em 0x0 foi valorizado pelos jogadores.

Para Mancini, o empate no Mineirão tem que ser valorizado, assim como a atuação da equipe que, para ele, teve uma postura de marcação dura e força no contra-ataque. “Viemos com a estratégia de jogar fechado e sair em alta velocidade, mas a equipe, após estudar o Cruzeiro, foi se soltando no decorrer da partida. Levamos um ponto importante e a certeza de que essa equipe, aliando obediência tática e entrega, apesar de ter ainda muito a melhorar, deu prova de que pode sair da situação incômoda na tabela”, afirmou.

Vagner Mancini gostou da postura do time diante do Cruzeiro (Foto: Cristiane Mattos/ Estadão Conteúdo)

Uillian Correia teceu elogios ao novo comandante e comemorou o empate em Minas Gerais. “Mancini é um treinador inteligentíssimo, sabe muito bem fazer a leitura do time adversário, e trouxe uma proposta muito clara para nós jogadores. Treinamos para jogar fechado e explorar os contra-ataques. No segundo tempo, se a gente capricha um pouquinho, sairíamos com os três pontos. Mas o importante foi somar um ponto e precisamos continuar pontuando”, disse.

A opinião de Uillian foi a mesma de Ramon, que jogou improvisado como volante, e também enalteceu a importância da chegada do novo técnico. “A gente se dedicou a exercer a proposta de Mancini de jogar no contra-ataque e tivemos até chances de ganhar. Agora é exaltar o ponto fora e descansar para o próximo jogo”, ressaltou.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas