Veja como será a nova Avenida Adhemar de Barros, em Ondina

salvador
20.01.2021, 15:11:00
Atualizado: 20.01.2021, 18:31:08
(Divulgação/FMLF)

Veja como será a nova Avenida Adhemar de Barros, em Ondina

Via passará por obras e seguirá conceito de "ruas completas", como Avenida Sete e Joana Angélica

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A Avenida Adhemar de Barros, em Ondina, terá um novo conceito com as obras de requalificação que vão começar já nesta quinta-feira (21), quando o prefeito Bruno Reis assinará a ordem de serviço que autoriza o começo das intervenções.

O projeto inclui uma pista de caminhada e ciclofaixa no canteiro central. O trecho que terá intervenção vai do monumento Mulheres do Brasil (Gordinhas) até a Universidade Federal da Bahia (Ufba).  “Essa ligação com a orla é extremamente importante para o fluxo de Salvador. Não podemos esquecer que a rua é o espaço público mais importante dentro da cidade", diz Tânia Scofield, presidente da Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF), responsável por desenvolver o projeto.

Além do projeto da FMLF,  as obras serão realizadas pela Secretaria Municipal de Infraestrutura e Obras Públicas (Seinfra), através da Superintendência de Obras Públicas (Sucop). O investimento é de R$11 milhões, com previsão de conclusão em seis meses.

(Foto: Divulgação/FMLF)

Com 1,1 km, a avenida é considerada importante pela atividade comercial e de serviços fortes, além de ligar a Garibaldi à Orla. Tânia Scofield diz que a nova Adhemar de Barros vai se adaptar para características que estão sendo implantas em grandes vias. "O conceito dessa obra é o de ruas completas, como fizemos nas avenidas Miguel Calmon, Sabino Silva, Avenida Sete e Joana Angélica. Precisamos dar maior qualidade às vias para que as pessoas possam transitar com segurança, buscar por comércios ou serviços com melhores condições, por exemplo", explicou.

O conceito de ruas completas é de ruas desenhadas para dar segurança e conforto às pessoas e usuários de todos os transportes. A ideia é distribuir o espaço de uma maneira mais democrática e benéfica a todos.

(Foto: Divulgação/FMLF)

Estacionamento e iluminação
O local também terá arborização, com plantio de novas árvores, além de melhoria na iluminação pública, com imlantação de lâmpadas em LED. Vagas de estacionamento ficarão disponíveis ao longo de toda extensão do canteiro, do dois lados.

Além das intervenções no canteiro central, serão implantados passeios laterais acessíveis, facilitando a mobilidade de pessoas com problemas de locomoção. Estes passeios serão feitos em granito.

Outro objetivo do projeto é resolver o problema recorrente de alagamento da via. "Sem dúvida a obra mais importante nessa revitalização é a macrodrenagem para resolver a questão dos alagamentos nos períodos de chuva. Quando a macrodrenagem da orla de Ondina foi feita, ela já foi pensada com base na interseção que será feita com a macrodrenagem da Adhemar de Barros”, diz Tânia.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas