Vendedor ambulante é esfaqueado durante a Lavagem do Bonfim

salvador
17.01.2020, 08:34:00
Atualizado: 17.01.2020, 11:16:30
(Foto: Divulgação/SSP)

Vendedor ambulante é esfaqueado durante a Lavagem do Bonfim

Vítima foi socorrida por policiais militares 

Um vendedor ambulante foi esfaqueado enquanto trabalhava na Lavagem do Bonfim por volta das 11h30 da manhã de quinta-feira (16). Gilvan Feliciano Galdino, de 39 anos, foi socorrido por policiais militares para o Hospital Geral do Estado (HGE) após ter sido atingido a golpes de faca na região do pescoço e cabeça. Em depoimento, o rapaz informou que o autor da facada foi o ex-companheiro de sua esposa.  

Segundo informações do boletim de ocorrências do posto policial do HGE, Gilvan precisou passar por procedimento cirúrgico na unidade de saúde e recebeu alta na manhã desta sexta-feira (17). 

De acordo com a Polícia Militar, policiais da 17ª Companhia Independente de Policiamento Militar (CIPM/Uruguai) estavam em ronda nos festejos da Lavagem do Bonfim, quando conduziram um homem após ter efetuado golpes de faca em outro homem, na manhã de quinta-feira (16).

Ainda segundo a PM, o acusado, que assumiu o crime, foi capturado enquanto fugia e, em seguida, levado para o posto da Polícia Civil. Com ele foi apreendida a faca usada no delito. A vítima foi socorrida por outra guarnição para o Hospital Geral Estado (HGE). O fato foi registrado na 3ª Delegacia (Ribeira) como tentativa de homicídio.

Crimes na Lavagem
A Secretaria da Segurança Pública (SSP) divulgou o balanço da festa, na manhã desta sexta-feira (17). Segundo a SSP, "não houve homicídio, latrocínio (roubo seguido de morte) ou lesão dolosa seguida de morte". E as a"ções policiais resultaram nas prisões em flagrantes de quatro criminosos, envolvidos em agressões, furtos e roubos".

A SSP contabilizou ainda 132 furtos e 21 roubos. Uma arma branca foi apreendida e nenhuma arma de fogo ou incidente com material bélico foi computado. Foram registrados também 27 casos de perdas de documentos (RGs e CNHs na maioria).

*com supervisão do chefe de reportagem Jorge Gauthier

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas