Vitória não vence fora de casa há quase três meses

e.c. vitória
04.05.2022, 11:13:00
Jogadores do Vitória precisam mostrar mais serviço longe de Salvador (PIETRO CARPI / ECV)

Vitória não vence fora de casa há quase três meses

Time tenta quebrar jejum contra a Aparecidense

Depois de comandar o primeiro triunfo na Série C do Brasileiro, o novo técnico do Vitória, Fabiano Soares, volta a focar na competição para acabar com um outro jejum rubro-negro. O Leão não vence longe de Salvador há quase três meses e esse será o desafio diante da Aparecidense, segunda-feira (9), às 20h, no estádio Aníbal Toledo, em Aparecida de Goiânia (GO). 

O jogo válido pela 5ª rodada da Série C será o terceiro fora de casa do Vitória na competição. Antes, perdeu dois confrontos pelo placar de 2x1, na estreia contra o Remo, em Belém, e para o Ypiranga-RS, em Erechim, no interior do Rio Grande do Sul.

Mais do que melhorar a estatística, vencer a Aparecidense é uma questão de sobrevivência. Com apenas três pontos somados, o Vitória está logo acima da zona de rebaixamento, em 16º lugar. O rubro-negro amargou o Z4 - hoje composto por Brasil de Pelotas, Confiança, Altos e Atlético-CE - nas três primeiras rodadas e iniciou uma reação no último sábado (30), quando venceu o Manaus, por 1x0, no Barradão. Agora, quer dar continuidade à reabilitação, só que longe de Salvador.  

Nesta temporada, o Vitória disputou 16 jogos, sendo nove deles como visitante. Foram apenas dois triunfos comemorados em território adversário, dois empates e cinco derrotas. O aproveitamento é de 29,6%.

Já faz quase três meses que o torcedor rubro-negro não festeja fora do Barradão. A última foi contra o Vitória da Conquista, no estádio Lomanto Júnior, em 13 de fevereiro. O placar de 1x0 foi anotado com gol de Jadson, que já não está mais treinando com o elenco e vive impasse sobre rescisão com o clube.

Antes, o Vitória já havia comemorado também na Arena Cajueiro, em Feira de Santana. Em 23 de janeiro, venceu o Barcelona de Ilhéus com o mesmo placar, só que com gol de Eduardo.

As duas partidas foram válidas pelo Campeonato Baiano, torneio em que o rubro-negro foi eliminado ainda na fase classificatória. Nas ocasiões, o time era comandado por Dado Cavalcanti, primeiro treinador a passar pela Toca nesta temporada. 

Dado esteve à frente ainda dos empates com Castanhal e Unirb, ambos por 1x1, e das derrotas para Jacuipense e Doce Mel, pelo placar de 1x0 cada.

Substituto dele, Geninho lamentou as derrotas fora de casa para o Remo, por 2x1, e para o Fortaleza, por 3x0, que resultou em sua demissão. Na conta do auxiliar técnico Ricardo Amadeu, que atuou como interino, está a derrota para o Ypiranga-RS, por 2x1. O jogo contra a Aparecidense vai escrever o primeiro capítulo de Fabiano Soares como visitante à frente do Vitória. 

Jogos do Vitória como visitante em 2022:

Barcelona de Ilhéus 0x1 Vitória - Baiano - Arena Cajueiro - 23/01
Gol de Eduardo
Técnico: Dado Cavalcanti

Jacuipense 1x0 Vitória - Baiano - Barradão - 29/01
Técnico: Dado Cavalcanti

Vitória da Conquista 0x1 Vitória - Baiano - Lomanto Júnior - 13/02
Gol de Jadson
Técnico: Dado Cavalcanti

Castanhal 1x1 Vitória - Copa do Brasil - Curuzu - 03/03
Gol de Mateus Moraes
Técnico: Dado Cavalcanti

Doce Mel 1x0 Vitória - Baiano - Barbosão - 09/03
Técnico: Dado Cavalcanti

Unirb 1x1 Vitória - Baiano - Carneirão - 12/03
Gol de Roberto
​​​​​​​Técnico: Dado Cavalcanti

Remo 2x1 Vitória - Série C - Baenão - 09/04
Gol de Alisson Santos
Técnico: Geninho

Fortaleza 3x0 Vitória - Copa do Brasil - Castelão - 20/04 
​​​​​​​Técnico: Geninho

Ypiranga-RS 2x1 Vitória - Série C - Colosso da Lagoa - 24/04
Gol de Guilherme Lazaroni
Técnico: Ricardo Amadeu (interino)

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas