Vitória renova ataque e busca melhor eficiência para 2022

e.c. vitória
01.01.2022, 05:00:00
Guilherme Queiroz já foi artilheiro da Série C e chega para resolver problema no ataque do Leão (Foto: Guilherme Videira/Grêmio Novorizontino)

Vitória renova ataque e busca melhor eficiência para 2022

Dos 14 reforços anunciados pelo clube, cinco são atacantes

O ano de 2021 chega ao fim e, entre os rubro-negros, o sentimento que fica da temporada é de frustração após o rebaixamento para a Série C do Campeonato Brasileiro. Dentro de campo, o ataque foi um dos pontos mais críticos do Leão.

A pontaria dos atacantes do Vitória passou longe de estar calibrada. Para se ter uma ideia, o rubro-negro teve o segundo pior ataque da Série B, junto com Londrina e Remo, com 31 gols marcados em 38 jogos. Uma média inferior a um gol por partida (0,81). Apenas o lanterna Brasil de Pelotas, com 23 gols, teve ataque pior.

Como reflexo disso, a diretoria foi ao mercado neste fim de ano e o ataque é o setor que mais recebeu reforços. Dos 14 atletas contratados, cinco são atacantes. São eles: Guilherme Queiroz, Luidy, Erik, Roberto e Jefferson Renan.

Entre eles, a maior esperança para balançar as redes adversárias pode ser depositada em Guilherme Queiroz. O atacante conhece bem a Série C e este ano anotou cinco gols em 18 jogos quando defendeu o Novorizontino - a equipe paulista foi uma das quatro promovidas à Série B. Ele inclusive já foi artilheiro da terceira divisão, em 2015, quando defendia a Portuguesa. Na época, marcou 12 gols em 19 partidas. Feito que Guilherme vai tentar repetir com a camisa do Vitória.

Apesar da renovação no ataque, o Leão também aposta as suas fichas em atletas que continuam no clube. O experiente Dinei, por exemplo, teve o contrato renovado até o fim da próxima temporada, que será em outubro (por causa da Copa do Mundo, em novembro). Ídolo do clube, ele se recupera de uma lesão no joelho e a ideia é que seja preparado para o Brasileirão, com início em abril.

Outro que vai começar 2022 em alta é o garoto David. Apesar de ter oscilado no primeiro ano de profissional, o jogador de 21 anos fechou a temporada como titular e destaque da equipe depois que deixou a ponta esquerda e passou a ser escalado como centroavante. Ao todo ele balançou as redes 11 vezes e deu cinco assistências em 59 jogos, sendo o artilheiro do time.

De volta ao clube após empréstimo ao Atlético-MG, Ruan Nascimento é mais um que deve ganhar espaço no time principal. Ele marcou três gols em cinco jogos na Copa do Nordeste sub-20, vencida pelo rubro-negro, e foi eleito o craque da competição.

Adeus
Quem não vai permanecer é o atacante Samuel, que está em fase final de transferência para o Oita Trinita, do Japão. No acerto, o time baiano vai receber 500 mil dólares (cerca de R$ 2,8 milhões) pela venda de 50% dos direitos econômicos. Samuel marcou nove gols em 2021 e foi uma das referências do Leão no primeiro semestre, mas caiu de rendimento na Série B e terminou o ano em baixa, afastado para recuperar a forma física. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas