Vitória tentará quebrar jejum como visitante diante do Jacobina

e.c. vitória
25.01.2019, 20:24:00
Atualizado: 26.01.2019, 14:30:10
Elenco do Vitória se prepara para jogo contra o Jacobina, pelo Campeonato Baiano (Mauricia da Matta / EC Vitória)

Vitória tentará quebrar jejum como visitante diante do Jacobina

Time principal do Leão estreia fora de casa no domingo (27), às 16h, pelo Campeonato Baiano

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Marcelo Chamusca estreou com triunfo e acabou com um jejum de quatro meses no Barradão. Agora, a meta é encerrar outro com quase mesma duração. No domingo (27), o time principal do Vitória entra em campo fora de casa pela primeira vez nessa temporada. Às 16h, o Leão enfrenta o Jacobina, no estádio José Rocha. A última vez que o rubro-negro venceu como visitante foi no dia 14 de outubro: 1x0 contra a Chapecoense, pela Série A do Campeonato Brasileiro 2018.

“Nós temos que ficar atentos a uma nova condição de jogo que a gente vai enfrentar. Um campo diferente, com um outro gramado, temperatura também diferente da nossa, pressão do torcedor adversário”, pontuou o técnico Marcelo Chamusca. “É um jogo muito difícil”, completou o comandante. 

Apesar de já ter dito que não se preocupa com jejuns decorrentes da temporada passada, Chamusca admitiu que o triunfo por 1x0 contra o Vitória da Conquista, na última quinta-feira, reforçou a confiança para o jogo da segunda rodada do estadual, diante do Jacobina.  

“Até pelo período que o Vitória passou sem vencer, foi bom não só para fortalecer a confiança do grupo, mas também de todos que estão inseridos no contexto do Vitória, diretoria, comissão, torcedor. Vencer sempre fortalece muito nesse aspecto”, afirmou o treinador, que manteve o sigilo da escalação e não revelou quais mudanças pretende fazer para enfrentar o Jacobina.

“Ainda não defini a equipe que deve começar o jogo. Vamos analisar com calma, principalmente a questão de fadiga, os jogadores que saíram no segundo tempo (Wesley, Ruy e Andrigo). Estamos analisando também a parte tática do Jacobina pra definir”, explicou. 

NA ESTRADA 
O elenco do Vitória se reapresentou nesta sexta-feira (25) na Toca do Leão. Contundido na coxa, Benítez seguiu em tratamento médico. A previsão é que o lateral-esquerdo só esteja pronto para a disputa do Ba-Vi, no dia 3 de fevereiro, pela Copa do Nordeste. Já vetado para o clássico, o goleiro João Gabriel foi submetido nesta sexta a uma artroscopia no joelho esquerdo. A previsão de retorno às atividades é de quatro semanas.  

A delegação rubro-negra volta a treinar no sábado (26) pela manhã e segue no início da tarde, de ônibus, para a cidade de Jacobina, a 360 km de Salvador. A viagem tem duração média de cinco horas. “Existe um desgaste, é inegável, mas não me preocupa, porque trabalhamos com boa condição de recuperação, com atletas profissionais e, com certeza, eles estarão na melhor condição para o jogo”, pontuou Chamusca. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas
  • Assinaturas: 71 3480-9140
  • Anuncie: 71 3203-1812
  • Ache Aqui Classificados: 71 3480-9130
  • Redação: 71 3203-1048