VIVA SALVADOR

Em cima do trio, Psirico e Magary Lord agitam o público de Cajazeiras

Shows fazem parte da programação do Festival Viva Salvador

  • Foto do(a) author(a) Raquel Brito
  • Raquel Brito

Publicado em 5 de abril de 2024 às 22:06

Psirico agita o público de Cajazeiras no Festival Viva Salvador
Psirico homenageou Davi, participante do Big Brother Brasil, que é de Cajazeiras Crédito: Paula Fróes/CORREIO

Dando início ao último fim de semana de comemorações pelo aniversário de Salvador, Magary Lord e Psirico animaram o público de Cajazeiras X no palco em formato de trio elétrico montado no Campo da Pronaica, nesta sexta-feira (5).

Às 18h, Magary Lord abriu a noite de celebração com músicas como a sua Inventando Moda, e de outros artistas como Arerê, da Banda Eva, e Banho de Chuva, de Vanessa da Mata.

Magary Lord agita o público de Cajazeiras no Festival Viva Salvador
O cantor Magary Lord abriu a noite de festa em Cajazeiras X Crédito: Paula Fróes/CORREIO

A enfermeira Danúbia Cardoso, 42, tinha acabado de buscar o filho Rafael, de dez anos, na escola quando viu a movimentação da festa. Não pensou duas vezes: segurando a mochila do filho, os dois dançavam animadamente ao som do artista.

“Nós estávamos indo para a casa da minha mãe, quando vimos o show. Foi uma surpresa boa, com artistas que eu gosto demais. Se minha mãe não estivesse ocupada, estaria aqui dançando também”, contou.

Para Magary Lord, participar do Festival Viva Salvador é um momento especial. “Salvador merece demais. Merece, na verdade, um mês inteiro de festa. Estou muito feliz, suei a camisa e estou feliz demais”, disse o cantor.

Em frente ao trio, Sandra Lopes, de 36 anos, chamava atenção com seus passos de dança. Moradora de Cajazeiras desde que se entende por gente, ela afirmou que ter um evento como esse tão perto de casa foi uma oportunidade de se divertir sem precisar se preocupar com o deslocamento.

“Eu vou ficar aqui até acabar. Se eles cantarem até amanhecer, eu fico. Depois, volto andando para casa. Está bom demais!”, celebrou.

Por volta de 20h50, foi a vez de Psirico subir ao palco. Com um show em homenagem a entes queridos e a Davi, participante do Big Brother Brasil que é cria do bairro, Marcio Vitor mesclou o pagode a clássicos do samba, como Marinheiro Só.

“A gente está retornando das férias de Carnaval aqui em Cajazeiras. Estar aqui é muito especial, porque eu tinha parentes que moravam aqui e já não estão mais entre nós, como a minha tia Carmen. Hoje eu vou dedicar esse show a eles e ao nosso campeão”, falou.

O casal Lucineide Silva, 57, e Carlos Santos, 61, também tirou a noite para aproveitar o Carnaval fora de época, dançando no gramado. “Nós ficamos sabendo do show e viemos na hora. Aproveitar a sexta-feira assim é ótimo”, disparou Lucineide.

O projeto especial Som Salvador é uma realização do Jornal Correio, com patrocínio da Unipar, apoio institucional da Prefeitura Municipal de Salvador e apoio da Wilson Sons e Salvador Shopping.

*Com orientação da subeditora Fernanda Varela.