NBA

Timberwolves arrasam Nuggets, empatam série e forçam jogo 7 nos playoffs

O duelo vale vaga na final da Conferência Oeste

  • Foto do(a) author(a) Estadão
  • Estadão

Publicado em 17 de maio de 2024 às 09:30

Timberwolves vence a partida
Timberwolves vence a partida Crédito: Reprodução/ Twitter Timberwolves

Com um desempenho surpreendente, o Minnesota Timberwolves fez valer o apoio da torcida na noite desta quinta-feira e arrasou o Denver Nuggets, atual campeão da NBA, pelo placar de 115 a 70. O resultado empatou em 3 a 3 a série melhor de sete jogos e levou a disputa para o sétimo e decisivo confronto, marcado para domingo, na casa dos Nuggets.

O duelo vale vaga na final da Conferência Oeste. O time de Denver busca sua segunda decisão de conferência consecutiva. O vencedor vai enfrentar o vitorioso do confronto entre Oklahoma City Thunder e Dallas Mavericks. No momento, o time do Texas lidera a série por 3 a 2.

Nesta quinta, os Timberwolves impuseram forte ritmo do início ao fim da partida. O time da casa perdeu a liderança no placar apenas uma vez. E exibiu sua melhor performance no primeiro e no último quarto, quando impôs vantagem de 20 pontos. Anthony Edwards foi o nome do jogo, com 27 pontos.

Jaden McDaniels contribuiu com 21 pontos, enquanto Rudy Gobert, Karl-Anthony Towns e Naz Reid somaram juntos 38 rebotes, mostrando força na defesa dos anfitriões. Diante desta solidez, o MVP Nikola Jokic pouco pôde fazer. O sérvio dos Nuggets anotou apenas 22 pontos, além de nove rebotes, em uma de suas performances mais discretas destes playoffs.

Aaron Gordon, que vinha numa crescente nesta série, não passou dos 12 pontos e oito rebotes. Apenas três jogadores dos Nuggets alcançaram os dois dígitos em pontuação. O terceiro foi Jamal Murray, com 10.

Diante da apatia dos atuais campeões, os Timberwolves finalizaram o jogo com uma vantagem de 45 pontos no placar. Trata-se da maior diferença num jogo de playoffs desde a vitória do Chicago Bulls sobre o Milwaukee Bucks, por uma vantagem de 54 pontos, em 2015.

"Os caras estão apenas acreditando neles mesmos. Acho que nos últimos três jogos nós estávamos perdendo para nós mesmos", comentou Edwards. "Conversamos muito hoje sobre recuperar nossa vantagem, nossa confiança, jogar um pouco mais livre e fácil. Parecia que ainda não tínhamos feito o nosso melhor esforço em ambos os lados da quadra", disse o técnico Chris Finch.