Filhas testemunharam morte de policial militar em Feira de Santana

Marcos Alan foi morto no próprio condomínio na noite de terça-feira (12)

  • Foto do(a) author(a) Da Redação
  • Da Redação

Publicado em 13 de março de 2024 às 20:59

Marcos Alan Magalhães Vicente morreu em assalto
Marcos Alan Magalhães Vicente morreu em assalto Crédito: Reprodução

As filhas do policial militar Marcos Alan Magalhães Vicente, baleado na noite desta terça-feira (12), testemunharam o momento em que o pai foi atingido por assaltantes. De acordo com Yves Correia, coordenador da 1ª Coorpin em Feira de Santana, a vítima chegava em casa com uma das filhas quando foi abordado já no seu condomínio, no bairro Muchila, em Feira de Santana.

O policial foi socorrido, mas não resistiu. Na manhã de quarta-feira (13), foi declarado que ele estava passando pelo processo de morte encefálica. O falecimento de Marcos foi confirmado na noite desta quarta. Ele deixa a esposa e três filhas.

Segundo o delegado, a avaliação da polícia é que os assaltantes não buscavam por Marcos Alan especificamente, mas sim uma oportunidade de roubo. Os homens tentaram roubar a moto da vítima, mas deixaram o veículo para trás quando fugiram.

Um dos dois suspeitos foi morto em confronto com a polícia na tarde desta quarta-feira. À noite, os policiais ainda estavam nas ruas, em operação para encontrar o segundo homem.

Tensão

A insegurança alterou a rotina dos habitantes. De acordo com moradores da região do Muchila, após o confronto, toque de recolher foi instaurado nos bairros de Pedra do Descanso, Jussara e Feira X, todos próximos ao local onde o crime aconteceu.

O comércio fechou mais cedo e cultos religiosos também foram cancelados nas proximidades, segundo relatos.

"De noite, o bicho vai pegar", disse um morador, alertando os bairros onde a medida entraria em vigor. "O 'bagulho' ficou doido, já me mandaram esperar", afirmou outro, em vídeo, após tentar entrar numa rua do bairro Muchila e receber a orientação de aguardar da polícia, que estava em operação.

Entenda o caso

O policial militar Marcos Alan Magalhães Vicente, de 46 anos, foi baleado em um assalto na cidade de Feira de Santana. O crime aconteceu na noite dessa terça-feira (12), no Conjunto Feira X, no bairro Muchila. Segundo a Polícia Civil, ele estava chegando em casa quando foi abordado por homens em uma moto e um dos suspeitos atirou contra Marcos.

Ele foi socorrido para o Hospital Geral Clériston Andrade. Na manhã desta quarta-feira, a polícia declarou que Marcos continuava internado, passando pelo processo de morte encefálica. À noite, o óbito foi confirmado.

Os dois homens usaram os muros do fundo do condomínio onde a vítima morava para fugir do local do crime. De acordo com fontes da polícia, os dois criminosos, ainda não identificados, teriam chegado ao local por uma rua sem saída atrás do Condomínio Vila Olímpia, no bairro Muchila, e saíram pelo mesmo lugar.

Segundo uma fonte da polícia, ao perceber que teriam baleado um policial, os suspeitos deixaram a moto que estava no local para despistar as buscas que se iniciaram após o crime. “A partir do momento que a polícia constatou a ocorrência, houve uma mobilização em toda a cidade para buscá-los. Eles estavam com uma motocicleta modelo Bros e azul. Numa moto assim, certamente sabiam que seria mais fácil localizá-los nas ruas e seguiram a pé”, complementa o policial.

Um dos envolvidos no latrocínio do policial foi morto em confronto com a polícia na tarde de quarta-feira, durante Operação Conjunta das Polícias Militar e Civil. O criminoso foi localizado na cidade de Santo Estêvão.

O criminoso tinha passagem por tentativa de latrocínio contra outro policial. Com ele foram apreendidos um revólver calibre 38 e munições. Outro suspeito de participação no crime foi conduzido por equipes da Polícia Civil.