CAMPANHA SALARIAL 2024

Trabalhadores da construção pesada da Bahia discutem possível greve em assembleia geral

Categoria, que encontra-se em estado de greve, se reúne nesta sexta-feira (7)

  • Foto do(a) author(a) Da Redação
  • Da Redação

Publicado em 6 de junho de 2024 às 18:32

A categoria que encontra-se em estado de greve poderá paralisar as atividades nesta sexta-feira (7) por tempo indeterminado Crédito: Divulgação

Após longas rodadas de negociações da Campanha Salarial 2024, com o tema "Jornada de Trabalho Menor para uma Vida Melhor", o Sintepav Bahia (Sindicato dos Trabalhadores da Construção Pesada e Montagem Industrial da Bahia) realiza nesta sexta-feira (7), às 08h, na Praça do Campo da Pólvora, no bairro de Nazaré, em Salvador, uma assembleia geral com os trabalhadores da construção pesada. Durante a reunião, pode ser deflagrada greve por tempo indeterminado, já aprovada em toda a Bahia, através da publicação de editais.

As assembleias também ocorrem de forma simultânea nas centenas de obras nas diversas regiões do estado. Na Bahia, são mais de 20 mil trabalhadores da construção pesada, nas centenas de obras que representam 15 bilhões em investimentos. No entanto, o Sindicato Patronal (Sinicon) não chegou a uma proposta que assegure a reposição da inflação, ganho real e assistência médica. setores público e privado, desempenhando um papel fundamental na geração de emprego e renda.

As principais reivindicações da categoria são reposição da inflação, com aumento real; concessão da cesta básica; segurança e saúde no trabalho; contrato de experiência de 30 dias; aviso prévio indenizado; assistência médica; manutenção das demais cláusulas da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT).