VEJA QUEM É

X-Calabreso: barraca de lanches da namorada de Davi ganha nova dona após vitória no BBB 24

Barraca de lanches não será mais comandada pela namorada de Davi

  • Foto do(a) author(a) Maysa Polcri
  • Maysa Polcri

Publicado em 17 de abril de 2024 às 16:00

Raquel Reggo, prima caçula de Mani, ficará à frente do negócio
Raquel Reggo, prima caçula de Mani, ficará à frente do negócio Crédito: Marina Silva/CORREIO

Matatu de Brotas ganhou um ponto turístico um tanto quanto inusitado nos últimos meses. A barraca de lanches de Mani Reggo, namorada de Davi Brito, campeão do Big Brother Brasil 2024, foi motivo de briga entre familiares e ganhou visibilidade com o sucesso do participante no reality show. Depois da confirmação da vitória do baiano, que embolsou R$2,92 milhões, os planos do casal não incluem mais o comércio de rua.

Quem ficará à frente da barraca a partir de agora é Raquel Reggo, 40, prima caçula de Mani. Ela já se dividia entre o trailer onde vendia lanches, em Sussuarana, e a Barraca da Many, em Brotas, mas vai agora se dedicar apenas ao ex-negócio da prima. Isso porque a fama de Davi trouxe também uma grande leva de novos clientes. 

Segundo a família, a sucessão é um desejo de Mani, que comandou a lanchonete por três anos. As duas vendiam brigadeiro juntas na Estação Brotas do metrô.

“Eu já trabalhava aqui duas vezes na semana, mas não dava para conciliar os dois trabalhos. Então, vou focar aqui a partir de agora”, explicou ela, reforçando que o número de clientes cresceu bastante devido à fama de Davi no reality. “Eu estou super feliz por Mani, eles merecem esse sucesso. Eu cozinho, fiz curso técnico, e a gente já vinha conversando para eu assumir a barraca e agora vai ser realidade”, disse.

Durante a exibição do BBB, Mani Reggo surfou na repercussão da briga entre Davi e Lucas Henrique, o Buda. Em fevereiro, ela anunciou a venda do X-Calabreso, lanche que faz referência à treta de ambos os participantes. O termo viralizou quando o campeão chamou Buda de “calabreso”. 

O desentendimento entre Mani e a mãe de Davi, Elisângela Brito, teria ocorrido devido ao uso da imagem de Davi. Na época, foi dito que a namorada estava se aproveitando da imagem do participante em sua barraca sem a autorização do mesmo. Com o passar das semanas, no entanto, sogra e nora fizeram as pazes. 

Durante a manhã de quarta-feira (17), familiares e colegas de Mani estiveram na barraca para comemorar a vitória. Josilene Reggo, sogra de Davi, estava animada com o resultado. “Não tenho palavras para expressar essa emoção. Tenho só que agradecer a Deus, tudo depende dele. Davi é um filho que eu não tive, eu tive quatro filhas, e aí veio esse menino que me chama de ‘mainha’”, falou.

Mãe de Mani Reggo (no centro) ao lado de amigos e familiares
Mãe de Mani Reggo (no centro) ao lado de amigos e familiares Crédito: Marina Silva/CORREIO

Entre uma entrevista e outra para a imprensa, Josilene, rodeada de parentes em frente à barraca, se soltava com os passos da música “calma, calabreso”, feita em homenagem ao campeão. A lanchonete fica na Rua Castro Neves, em frente ao Hospital do exército.