CAJAZEIRAS X BROTAS

Ciúme e rivalidade: racha na família de Davi vem de antes do BBB; veja bastidores

De um lado Mani, do outro Raquel, irmã do rapaz

  • Foto do(a) author(a) Da Redação
  • Da Redação

Publicado em 23 de abril de 2024 às 15:29

Davi, Raquel e Mani Crédito: Reprodução

O término do Big Brother Brasil não significou a saída de Davi das manchetes. Muito pelo contrário. O retorno do rapaz ao "mundo real" expôs ao Brasil um racha familiar que existia desde antes do programa, mas aflorou durante o confinamento.

De um lado, a mãe Elizângela Brito e, principalmente, a irmã Raquel. Do outro, a hoje ex-namorada Mani Reggo, apoiada pelo pai do rapaz, Demerval de Brito.

A rivalidade iniciou-se a partir do momento em que Davi deixou Cajazeiras, onde morava com a família, para dividir um apartamento com Mani em Brotas.

“De uma noite para o dia, Davi deixou a família para morar com uma mulher 20 anos mais velha. Isso já foi meio complicado, mas engoliram”, contou uma parente de Davi em entrevista ao jornal Extra.

A revolta de Raquel extrapolou quando o rapaz recebeu R$ 10 mil e repassou para Mani reformar a barraca onde vendia lanche. Atualmente, o local é ponto turístico por comercializar o x-calabreso.

Por isso, a distância se instalou entre Mani e Raquel. Tanto que, durante o mais de um ano de namoro, a irmã de Davi viu a cunhada apenas três vezes.

BBB piorou

Quando Davi recebeu o convite para o BBB 24, o racha tornou-se total. O jovem teria ordenado, segundo o jornal, que Raquel não entregasse as redes sociais para a namorada.

Neste meio tempo, Mani não ficou satisfeita ao ver Raquel e Elizângela aparecendo em programas de rede nacional.

“Ela disse que já que elas estavam aparecendo em programas, que deviam estar ganhando algo e mandou uma fatura de cartão de crédito de uns R$ 3 mil, que ela disse que era de dívida de Davi”, diz outro parente do rapaz de Cajazeiras.

Raquel também atacava. Ela "proibiu" a cunhada de publicar qualquer coisa relacionada a Davi nas redes sociais. Até houve ameaça de processo.

Tentando apaziguar a situação, o pai do campeão sugeriu que a filha entregasse as redes sociais e o plano de mídia para a mesma empresa que estava cuidando de Mani, capitaneada por Fritz Paixão, empresário e coach, que se tornou uma espécie de mentor da comerciante. Raquel negou.

"As duas viveram aqui fora um ‘BBB’ paralelo, disputando espaço. Raquel sempre disse que, quando encontrasse o irmão, iria contar tudo o que aconteceu e como a namorada tinha tirado proveito da situação. Foi o que ela fez”, completa a fonte.

Após sair do BBB, Davi encontrou-se com Mani, onde tomou o lado da irmã na disputa. Atualmente, o rapaz está com Raquel e a mãe em uma casa de luxo no Litoral Norte da Bahia. Já Mani vive com o pai do jovem após terminar o namoro.