TRAGÉDIA

Corpo de criança que morreu afogada em Periperi é sepultado nesta sexta (3)

Sepultamento ocorreu às 15h, no Cemitério Municipal de Plataforma

  • Foto do(a) author(a) Da Redação
  • Da Redação

Publicado em 3 de maio de 2024 às 20:02

Criança está sendo procurado
Criança está sendo procurado Crédito: Acervo pessoal

O corpo de Gabriel dos Santos Cordeiro, de 1 ano e 6 meses, foi sepultado às 15h desta sexta-feira (3), no Cemitério Municipal de Plataforma. O menino desapareceu na tarde de quarta-feira (1º), no mar de Praia Grande, e foi encontrado na manhã desta quinta-feira (2), em uma praia de Periperi, próxima do Conjunto Guerreira Zeferina.

Gabriel se perdeu da mãe às 16h, dando início a uma procura que só acabou às 9h30 do dia seguinte, quando apareceu, já sem vida, na praia de uma fazenda da região. Pai da criança, Alessandro Pereira Cordeiro só soube do desaparecimento do filho às 19h30, e passou a fazer parte de uma dezena de pessoas que se dedicaram a procurar o pequeno pelas praias da região.

“Ninguém dormiu. Desde que ele sumiu, foi um desespero. Eu fiquei sabendo às 19h30 mais ou menos. Durante a noite inteira umas 10 pessoas ficaram procurando por ele, sem conseguir achar. Quando acharam, agora de manhã, o pior já tinha acontecido e ele estava morto", lamentou Alessandro.

Entre o ponto de afogamento e a área onde o menino foi encontrado, a distância é de dois quilômetros, de acordo com familiares. A vítima estaria com a mãe quando se perdeu. Bastou uma ida rápida ao banheiro para tudo acontecer.

Muito abalada, ela não teve condição de conversar com a imprensa. Já o pai estava inconformado e repetiu diversas vezes que estava indignado, já que a praia estava cheia e ninguém notou que havia uma criança sozinha indo em direção ao mar.

"Não me conformo com isso. Ela estava com ele e, em dois minutos, o menino sumiu. A praia estava cheia, a maré baixa, e ninguém viu ele se afogar? Não consigo acreditar, não esperava que isso acontecesse com ele", afirma o pai, destacando que o menino já tinha ido outras vezes à praia que, por estar perto de onde a família vive, é o local comum de lazer desde o nascimento da criança.